Mestrado em Desenvolvimento e Cooperacao Internacional

Geral

Descrição do programa

Objectivos

O mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional tem por principal objectivo dotar os mestrandos de competências adicionais às adquiridas no primeiro ciclo, que lhes permitam uma elevada empregabilidade como dirigentes, quadros e técnicos superiores de empresas públicas e privadas, organizações ligadas à cooperação internacional. Pretende-se que seja feito um aprofundamento das teorias económicas, políticas e sociológicas do desenvolvimento e da mudança social, assim como da cooperação internacional para o desenvolvimento; que se conheça as metodologias de investigação nesta área, bem como a complexidade da realidade empírica dos países em desenvolvimento; e que os mestrandos tenham competências para preparar dossiês técnicos para fundamentar a tomada de decisões políticas na área da política económica e social de desenvolvimento, assim como da cooperação internacional.

Destinatários

O mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional destina-se essencialmente a completar a formação de primeiro ciclo de licenciados em economia, gestão, sociologia, relações internacionais, ou de outras áreas consideradas adequadas à frequência do curso, preparando os alunos para o exercício de funções profissionais relacionadas com os problemas do desenvolvimento e da cooperação internacional, ou de funções de docência e de investigação científica.

Habilitações de Acesso e Critérios de Selecção

São consideradas candidaturas de detentores de grau académico superior, nacional ou estrangeiro, equivalente ao 1º ciclo nas áreas de economia, de gestão, de sociologia, de relações internacionais e de ciências sociais em geral. De acordo com a alínea d) do artigo 17º do Decreto-Lei nº 74/2006 de 24 de Março, alterado pelo Decreto-lei nº 107/2008 de 25 de Junho, são ainda avaliadas outras candidaturas consideradas adequadas pela comissão científica e pedagógica. Os candidatos são apreciados com base na classificação final do 1º ciclo, na análise curricular e numa eventual entrevista.

Organização

O mestrado está organizado em quatro semestres, perfazendo 120 créditos. Os três primeiros semestres são integralmente preenchidos com a componente curricular, num total de 78 créditos, visando dotar o estudante com as competências instrumentais, interpessoais e sistémicas relativas à formação em economia e política do desenvolvimento e cooperação internacional. O quarto e último semestre é dedicado à elaboração do trabalho final de mestrado (TFM) - dissertação, trabalho de projecto ou estágio - num total de 42 créditos (dos quais 12 créditos são obtidos no 3º semestre).

Última atualização Novembro 2019

Sobre a escola

The first school of Economics and Management in Portugal, ISEG belongs to the University of Lisbon, the largest Portuguese University. ISEG Lisbon is internationally recognized and accredited by AACSB ... Ler Mais

The first school of Economics and Management in Portugal, ISEG belongs to the University of Lisbon, the largest Portuguese University. ISEG Lisbon is internationally recognized and accredited by AACSB and AMBA, complying with the best higher education standards. ISEG’s research centers are very well rated by the Portuguese research council (FCT). With an experienced and well prepared faculty, students from more than 70 countries contribute to an ever-increasing international academic environment, and take advantage of the school's excellence and location. ISEG Lisbon has excellent modern premises at the heart of Lisbon, right next to the Parliament and the river Tagus, in a vibrant neighborhood full of social life, business and culture. At ISEG, you will find a culture of excellence and achievement, alongside a climate of inclusiveness and cooperation. This is made by the mutual collaboration of students, faculty and staff. ISEG is a School prepared for the future: with a unique blend of quantitative skills and social contextualization of economic and managerial decisions, ISEG’s faculty, professionals, students and alumni are at the forefront of those who address the UN’s 17 Sustainable Development Goals (SDGs) with an entrepreneurial and collaborative mindset. Ler Menos