Mestrado em Tecnologias da Produção Animal

Geral

Descrição do programa

Objetivos e competências

São competências gerais deste curso de Mestrado a aquisição e aprofundamento do conhecimento técnico e científico nas várias áreas da produção animal.

São competências específicas do ciclo de estudos conducentes ao grau de Mestre em Tecnologias da Produção Animal:

  • Adquirir hábitos de procedimento experimental com aplicabilidade no sector produtivo;
  • Desenvolver capacidades de investigação na área da Produção Animal;
  • Desenvolver uma atitude crítica perante os problemas actuais da produção animal;
  • Definir os caminhos que conduzam às melhores soluções em áreas específicas da produção animal, orientando as suas preocupações para alguns dos actuais problemas que este sector enfrenta, como é o caso da epidemiovigilância em produção animal e da rastreabilidade dos produtos animais;
  • Compreender a importância da sustentabilidade da produção animal e respeito pelo ambiente, interligando o adequado tratamento de efluentes com a qualidade ambiental;
  • Aprofundar a capacidade de resolução de problemas práticos na área da produção animal, racionalizando os factores de produção de forma sustentada;
  • Compreender e ter a capacidade de executar e implementar as modernas tecnologias associadas à produção animal;
  • Compreender os princípios associados à concepção, planeamento e gestão das diversas produções animais recorrendo a novas soluções e tecnologias;
  • Contribuir para programas de certificação de qualidade e de segurança alimentar.
Última atualização May 2016

Bolsa de estudos Keystone

Confira as opções que nossa bolsa de estudos pode oferecer a você

Sobre a escola

A Escola Superior Agrária de Viseu (ESAV), criada oficialmente em 19 de Dezembro de 1994 (DL n.º 304/94), é uma das unidades orgânicas do Instituto Politécnico de Viseu, integrando-se na rede de ensin ... Ler Mais

A Escola Superior Agrária de Viseu (ESAV), criada oficialmente em 19 de Dezembro de 1994 (DL n.º 304/94), é uma das unidades orgânicas do Instituto Politécnico de Viseu, integrando-se na rede de ensino superior público português, ao nível do ensino politécnico. Assim deu-se continuidade à tradição, pois a Cidade de Viseu teve o privilégio de ser pioneira no Ensino Agrícola em Portugal através da criação da Escola Prática de Agricultura de Viseu, por Decreto de 16 de Dezembro de 1852. Ler Menos