Este é um mestrado de um ano destinado a Engenheiros, Engenheiros Técnicos e graduados em Ciências com conhecimentos de Física e Matemática e ferramentas de informática que também podem provar um nível de Inglês equivalente a B1 de acordo com o Framework. Referência Europeia Comum para as Línguas.

O Mestrado em Geotecnologia e o desenvolvimento de projetos GIS tem como objetivo proporcionar aos alunos as habilidades necessárias para adquirir, gerenciar, analisar, interpretar e disseminar informações geoespaciais. Respondendo à demanda do mercado, visa formar profissionais capazes não apenas de entender os métodos e gerenciar as ferramentas de TI existentes, mas também de desenvolver seus próprios programas para automatizar tarefas e fornecer soluções para problemas complexos.

O perfil de entrada foi estabelecido tendo em conta o conhecimento prévio dos alunos e a orientação eminentemente prática e profissional do mestre. Dada a ampla gama de atividades profissionais nas quais tanto a Geotecnologia quanto o SIG se aplicam, optamos por um perfil de renda que permita o acesso ao mestrado a um amplo espectro de graduados. De terno, muitos universitários usam seus assuntos em suas vidas profissionais: biólogos, geólogos, geógrafos e um amplo espectro de engenheiros; e muitos perfis profissionais em que eles têm aplicação: gestão urbana, obras civis, meio ambiente, gestão de recursos naturais, marketing, serviços de abastecimento de água e eletricidade, transporte, prevenção e avaliação de risco, etc. Quanto ao conhecimento prévio, os candidatos devem ter conhecimentos básicos de física e matemática sólida, bem como habilidades no uso de ferramentas de computador. Por todas estas razões, o perfil de renda é o de um graduado em engenharia ou um diploma em Ciências ou que possui um grau equivalente. No entanto, dada a heterogeneidade esperada dos perfis de renda, o mestrado oferece uma gama de créditos suplementares, variando de 3 a 9 créditos, para aqueles alunos que não fizeram cursos de Cartografia e SIG, Sensoriamento Remoto ou Programação de Algoritmo


oportunidades de carreira

O Mestrado em Geotecnologia e Desenvolvimento de Projetos GIS pela Universidade de Oviedo, visa proporcionar aos alunos as habilidades necessárias para adquirir, gerenciar, analisar, interpretar e divulgar informações geoespaciais. Atender à demanda do mercado, visa formar profissionais que sejam capazes não só de entender os métodos e gerenciar ferramentas de TI existentes, mas também de desenvolver seus próprios programas para automatizar tarefas e fornecer soluções para problemas complexos.

O Mestrado em Geotecnologia e Desenvolvimento de Projetos GIS fornece aos alunos competências de acordo com o estado atual do conhecimento no campo das tecnologias de informação espacial, com especial ênfase nas necessidades do mercado. Neste sentido, o novo mestrado está focado em fornecer aos alunos as habilidades para desenvolver algoritmos e implementar aplicativos de computador que automatizam processos. Esse é um aspecto muito importante que, de forma generalizada, é considerado essencial por professores, estudantes e empresas envolvidas em sua gestação, bem como pelas administrações públicas, centros tecnológicos e associações profissionais consultadas.

Atualmente, há estudos de graduação na Universidade de Oviedo relacionados com as ciências da Terra, como Geologia, Geografia, Biologia, Engenharia Civil, Mineração ou Silvicultura, que, dado o tempo limitado dos estudos, não podem oferecer temas no campo da Geotecnologia, embora seja muito benéfico para a sua formação, uma vez que muitas vezes trabalham com informação geográfica. O Mestrado em Geotecnologia visa cobrir esta falta de formação em uma questão de tal importância.

A oferta do Mestrado em Geotecnologia e Desenvolvimento de Projetos GIS é justificada pela demanda de profissionais que possam lidar com projetos relacionados à informação geoespacial e que tenham a capacidade de automatizar processos através do desenvolvimento de aplicações computacionais. Não é mais suficiente conhecer os fundamentos teóricos e ser capaz de lidar com o software de processamento de dados geoespaciais, mas as ofertas de trabalho são destinadas a pessoas com conhecimento de programação que são capazes de criar novos aplicativos a partir das bibliotecas disponíveis. livremente e livre na rede. Os campos em que os profissionais são necessários com o treinamento fornecido neste mestrado são múltiplos: Agricultura, Administração Pública, Indústria Elétrica, Setor de Telecomunicações, Marketing, Arqueologia, Arquitetura, Geografia, Silvicultura, Planejamento Urbano, redes de suprimento, transporte de mercadorias, Geologia, Ciências Ambientais, Engenharia Civil, Mineração e Silvicultura, entre muitas outras. Do ponto de vista científico, existem muitos desafios que ainda surgem no campo da Geotecnologia, como a condução autônoma de veículos, o processamento de dados massivos coletados por dispositivos como satélites, as múltiplas aplicações de dados coletados de satélites, drones ou scanners a laser terrestres ou aéreos, a visualização de informações espaciais ou métodos estatísticos para dados espaciais. Por esta razão, a formação ministrada por este mestre também pode servir como base para iniciar uma carreira no campo da pesquisa, permitindo que os alunos acessem uma tese de doutorado em um campo que está em pleno desenvolvimento e no qual há muitos os avanços que estão por vir.


Plano de estudos

1º semestre

COMPLEMENTOS DE TREINAMENTO

  • Fundamentos de Cartografia e SIG, 3 ECTS
  • Fundamentos de Sensoriamento Remoto, 3 ECTS
  • Introdução à Programação Phyton, 3 ECTS

O Comitê Acadêmico do Mestrado avaliará para cada um dos candidatos admitidos os complementos de treinamento necessários de acordo com seu grau de acesso.


1º SEMESTRE MATÉRIAS OBRIGATÓRIAS

  • Sensoriamento remoto e tratamentos de imagem em Geociências, 6 ECTS
  • Bases de Dados Espaciais, 6 ECTS
  • Programação de Aplicações para Geoprocessamento, 6 ECTS
  • Modelagem e Simulação com Dados Geoespaciais, 6 ECTS
  • Geovisualização e Web SIG, 6 ECTS


2º SEMESTRE. MATÉRIAS OBRIGATÓRIAS

  • Concepção de Projectos GIS em Geociências, 6 ECTS
  • Práticas Externas, 6 ECTS
  • Dissertação de Mestrado, 9 ECTS
  • Eletivas opcionais para escolher 2, 9 ECTS


TEMPOS OPCIONAIS OFERECIDOS

  • Gestão de Recursos Naturais, 4,5 ECTS
  • Planejamento de Transportes, 4,5 ECTS
  • Tecnologia BIM, 4,5 ECTS
  • Desenvolvimento de Aplicações GIS para Dispositivos Móveis, 4,5 ECTS


TIPOS DE ASSUNTOS

  • Obrigatório: 36 ECTS
  • Eletivas: 9 ECTS
  • Práticas Externas: 9 ECTS
  • Projeto Final de Mestrado: 9 ECTS
  • Total: 60 ECTS


requisitos de acesso

De acordo com o artigo 16 da RD 1393/2007, de 29 de outubro, que estabelece a organização do ensino oficial e o Real Decreto 861/2010, de 2 de julho, que modifica o Decreto Real 1393 / 2007, de 29 de outubro, para acesso aos programas oficiais de mestrado, será necessário possuir um diploma universitário oficial na Espanha ou outro emitido por uma instituição de ensino superior pertencente a outro estado membro da Área Européia de Educação Superior. o mesmo para o acesso aos mestrados. Além disso, os graduados podem acessar de acordo com os sistemas educacionais fora do Espaço Europeu de Educação Superior sem a necessidade de homologação de seus diplomas, após verificação pela Universidade de que eles credenciam um nível de educação equivalente aos correspondentes diplomas universitários oficiais espanhóis. no país que emite o diploma de acesso ao ensino de pós-graduação. O acesso por este caminho não implicará, em nenhum caso, a homologação do título anterior de posse do interessado, nem o seu reconhecimento para outros fins que não o de estudar o grau de mestre. Os alunos que não completaram seus estudos também podem formalizar o pré-registro. Nesse caso, sua admissão está condicionada à obtenção da qualificação antes do término do período de inscrição e à manutenção da nota média do caso que foi considerado no momento da admissão. Os interessados ​​em formalizar o pré-registro em qualquer dos programas de mestrado da universidade devem verificar se atendem aos requisitos gerais e específicos de acesso.


Critérios de admissão

O órgão competente em relação ao procedimento de admissão é o Comitê Acadêmico do Mestre.


Requisitos mínimos

Para ser admitido no mestrado, você deve atender a alguns requisitos mínimos que são:

  1. Graduado em engenharia, engenheiro técnico ou graduado em engenharia e ciências básicas (física, geologia, biologia, meio ambiente, geografia).


Requisitos relacionados a complementos de treinamento

Alguns alunos, dependendo do grau de iniciante, terão que receber complementos de treinamento. Estes complementos de formação podem variar entre 3 e 9 ECTS, distribuídos em 3 disciplinas de 3 ECTS cada. Os detalhes sobre esses complementos de treinamento estão incluídos na seção 4.6 do relatório de verificação.


Outros requisitos a ter em conta

Cumpridos os requisitos mínimos, havendo mais pedidos de admissão ao Mestrado do que os lugares disponíveis, o Comité Académico do Centro decidirá os alunos admitidos de acordo com o nível de inglês e a adequação das aulas recebidas ao conteúdo do Mestrado. o que o aluno deve fornecer o registro acadêmico correspondente ou certificação. O seguinte será considerado:

  1. Acredite nível B1 ou superior do inglês (até 1 ponto), seja através do certificado de Escola Oficial de Idiomas ou certificados equivalentes, que são:
    1. Exames da Universidade de Cambridge ESOL: Teste Preliminar de Inglês (PET), Primeiro Certificado em Inglês (FCE), Certificado em Inglês Avançado (CAE), Certificado de Proficiência em Engish (CPE).
    2. Trinity College London: Competências Integradas em Inglês I (ISE I).
    3. Sistema Internacional de Testes em Língua Inglesa do British Council (IELTS): Nota nº 4.0
    4. Escola Oficial de Línguas (RD 967/1988): passagem do 3º ano (ciclo elementar).
    5. Escola Oficial de Línguas (RD 1629/2006): passagem do 4º ano (nível intermédio) ou passagem do 3º ano com notável qualificação.
    6. Teste de Inglês como Língua Estrangeira (TOEFL). Teste baseado em computador: pontuação # 200
    7. Teste de Inglês como Língua Estrangeira (TOEFL). Teste baseado em papel: pontuação # 550
    8. Teste de Inglês como Língua Estrangeira (TOEFL) iBT # 57 2)
  2. Qualificação anterior (até 2,5 pontos).
  3. O número de créditos concluídos e as notas correspondentes às disciplinas básicas de Física, Matemática e Computação (até 2,5 pontos).
  4. O número de créditos obtidos e as qualificações correspondentes especificamente a disciplinas na área de conhecimento de Engenharia Cartográfica, Geodésica e Fotogramétrica (até 2 pontos).
  5. O Projeto de Grau Final (ou equivalente), se corresponder à área de conhecimento de Engenharia Cartográfica, Geodésica e Fotogramétrica ou similar. Alternativamente, nesta mesma seção outros trabalhos realizados e / ou experiência de trabalho no campo da Geotecnologia (até 2 pontos) serão avaliados.
Programa ministrado em:
  • Espanhol

Ver mais 18 programa(s) oferecido(s) por University of Oviedo - »

Este curso é No câmpus
Data de início
Set. 2020
Duration
1 ano
Período integral
Preço
31 EUR
€ 30,65 / crédito para estudantes do EHEA e € 60,14 / crédito para estudantes estrangeiros não residentes
Por local
Por data
Data de início
Set. 2020
Data de término
Prazo para inscrição

Set. 2020

Location
Prazo para inscrição
Data de término