Mestrado em Engenharia de Biociências: Engenharia de Agro e Ecossistemas (Leuven)

Geral

Descrição do programa

Engenharia de Agro e Ecossistemas é garantir a prosperidade e o bem-estar das gerações atuais e futuras no Norte global e no Sul global. Agro e ecossistemas fornecem uma ampla gama de bens e serviços essenciais, como alimentos, água, energia e biodiversidade. No entanto, o contexto contemporâneo de crescimento populacional, rápida urbanização, globalização econômica, mudanças climáticas, desmatamento, poluição do solo e degradação desafia o provisionamento futuro de uma quantidade e qualidade suficiente desses bens e serviços.

Qual é o Mestrado em Engenharia de Agro e Ecossistemas?

O Mestrado em Engenharia de Agro e Ecossistemas (ACE) fornece conhecimento profundo do funcionamento e gestão de ecossistemas naturais e orientados para a produção. Você pode optar por se concentrar em ambientes temperados ou (sub) tropicais ou em uma combinação de ambos. Você complementa o programa central interdisciplinar com uma especialização importante em um dos quatro domínios diferentes: produção biológica, ambiente abiótico e biótico, bioeconomia e informação biogeográfica.

Programa

O principal produtor concentra-se nos agroecossistemas e inclui faixas de especialização na produção de culturas, sistemas florestais de produção (obtidos ao longo de um semestre no Chile) e hortologia (alcançada ao longo de um semestre na África do Sul).

O meio ambiente fornece uma compreensão profunda do funcionamento biofísico de ecossistemas naturais e agro-ecossistemas, com o objetivo de melhorar o manejo da biodiversidade, solo e recursos hídricos desses ecossistemas. O principal inclui faixas de especialização em sistemas de solo e água, sistemas florestais e naturais e sistemas de paisagem.

A grande economia concentra-se nos aspectos econômicos e relacionados à política de agro e ecossistemas, com cursos aprofundados no campo da economia agrícola, alimentar e de recursos naturais.

A informação principal aborda a tecnologia de observação terrestre e gestão de geo-dados, com cursos aprofundados cobrindo tanto os aspectos tecnológicos desta área como as suas aplicações no campo dos recursos terrestres.

Internacional

Você está procurando ampliar seus horizontes? Existem amplas oportunidades para realizar parte de sua pesquisa de mestrado em várias instituições parceiras no exterior. Além disso, os residentes europeus podem realizar a sua pesquisa de mestrado numa universidade europeia ou noutra universidade parceira, no âmbito do programa Erasmus. A Faculdade também acolhe iniciativas de estudantes que querem fazer um estágio em uma empresa ou organização no exterior, bem como programas de intercâmbio com universidades parceiras.

Dois pacotes de especialização opcionais exigem um semestre para ser gasto em uma instituição parceira: o pacote de Produção Florestal é organizado na Universidade de Temuco (Chile), enquanto a especialização em Hortologia leva você para a Universidade de Stellenbosch (África do Sul).

Mais informações: www.biw.kuleuven.be/english/index

Prazo de inscrição para 2020-2021

  • 1 de março de 2020 (para cidadãos não pertencentes ao EEE)
  • 1 de junho de 2020 (para cidadãos do EEE)

A KU Leuven usa um sistema de aplicativos on-line. Você pode baixar e enviar seu formulário de inscrição através de www.kuleuven.be/application. Estudantes com um diploma flamengo podem consultar www.kuleuven.be/studentenadministratie.

Mensalidade

A taxa de matrícula para 2018-2019 é de 938,8 € para cidadãos do EEE e 6.000 € para não cidadãos do EEE - com exceção dos cidadãos das duas primeiras colunas dos países em desenvolvimento reconhecidos pela OCDE / CAD para os quais a taxa de matrícula é de 938,8 €.


Por favor, consulte o site para obter as informações mais recentes: www.kuleuven.be/tuitionfees.

Este é um programa de mestrado inicial e pode ser seguido a tempo inteiro ou a tempo parcial.

Este é o programa certo para mim?

Este Mestrado é projetado para estudantes altamente motivados, com sólida formação em ciências exatas e um grande interesse no funcionamento e gestão sustentável, design e engenharia de ecossistemas agrícolas e naturais.

O ACE está aberto a qualquer candidato que possua um grau de bacharel acadêmico em engenharia (engenharia de biociência, engenharia agrícola, engenharia ambiental ou qualquer diploma de engenharia equivalente), e para candidatos com outros graus de bacharel ou mestrado abrangendo cursos completos em pelo menos dois dos três seguintes. domínios (i) matemática e estatística, (ii) ciências da Terra e do ambiente e (iii) biologia e ecologia. Os alunos podem ser obrigados a tomar cursos de reforço eletivo para preencher eventuais lacunas na formação educacional.

Caminhos da carreira

A natureza interdisciplinar do ACE garante que os graduados sejam procurados por vários campos profissionais relacionados a sistemas de produção biológica e gestão de ecossistemas, com ênfase particular na produção vegetal, economia e política de recursos naturais, gestão ambiental sustentável e aplicações de observação da Terra e geomática.

Oportunidades de emprego abundantes existem em organizações do setor público, tanto nacional como internacionalmente, ONGs e empresas privadas, e podem ser de natureza técnica, orientada para a pesquisa, ou no nível de política / gestão. Finalmente, o ACE fornece excelente preparação para a realização do doutorado. pesquisa.

Na Bélgica, os graduados do programa ACE têm o direito de usar o título profissional de 'Bio-Ingenieur' ('Engenheiro de Biociência').

Objetivos

  1. Possuir um amplo conhecimento, orientado para a engenharia, dos componentes bióticos e abióticos dos agro- e ecossistemas, de suas funções, serviços e valores, e de suas inter-relações através de uma ampla gama de escalas espaciais e temporais;
  2. Ter profundo conhecimento científico em pelo menos um dos seguintes domínios: (i) sistemas de produção biológica baseados na terra (agro-silvicultura); (ii) sistemas de conservação e manejo do ambiente natural em relação à produção biológica (solo, água, clima, biodiversidade); (iii) economia agrícola e ambiental; (iv) aquisição de dados e processamento de informações relacionadas aos três domínios mencionados anteriormente;
  3. Ser capaz de analisar, usando uma abordagem sistêmica, as interações entre e dentro dos agrossistemas, ecossistemas e contexto socioeconômico, de pelo menos uma das seguintes perspectivas: (i) sistemas de produção; (ii) gestão ambiental; (iii) economia e (iv) requisitos de dados e processamento de informações. Dependente da perspectiva de aplicação, sendo capaz de compreender, formular, parametrizar, validar e implementar modelos dos tipos biofísico, ecológico, bi-econômico, estatístico, espaço-temporal e / ou combinado. Ser capaz de otimizar as decisões relativas ao uso da terra, considerando todas as restrições ecológicas, agronômicas, de engenharia e socioeconômicas;
  4. Ser capaz de integrar o conhecimento sobre agro e ecossistemas e tecnologias de engenharia relacionadas em projetos e intervenções geograficamente direcionados em escala local a regional, bem como na preparação e avaliação de políticas em escalas regionais a globais;
  5. Ser capaz de posicionar agroecossistemas em vários contextos sociais, culturais, econômicos e políticos e em estruturas interdisciplinares de trabalho e pesquisa. Esteja ciente dos desafios de pesquisa, sociais e corporativos relacionados a agro e ecossistemas e seu gerenciamento;
  6. Ser capaz de atuar em equipes interdisciplinares e assumir a liderança inicial. Ser capaz de comparar a abordagem específica de domínio ou disciplina com as abordagens de outros domínios e disciplinas. Esteja ciente dos valores, mas também das limitações das disciplinas para contribuir para o manejo sustentável de agro e ecossistemas.
  7. Formulação orientada a problemas e análise de problemas complexos dentro do domínio de especialização, dividindo-os em subproblemas gerenciáveis ​​e projetando soluções para casos específicos com atenção às possibilidades de aplicação e impacto conceitual mais amplo.
  8. Independentemente conceber, planejar e executar um projeto de engenharia no nível de um profissional de investigação inicial. Conduzir e interpretar criticamente uma pesquisa bibliográfica de acordo com padrões científicos, com atenção ao contexto conceitual e ao potencial de aplicação.
  9. Use insights intradisciplinares e interdisciplinares para selecionar, adaptar ou, eventualmente, desenvolver métodos avançados de pesquisa, projeto e solução, e aplicá-los adequadamente e processar cientificamente os resultados obtidos; motivar as escolhas feitas com base nos fundamentos da disciplina e nos requisitos do contexto de aplicação e negócio.
  10. Atuar a partir de uma atitude de pesquisa: criatividade, precisão, reflexão crítica, motivação de escolhas por motivos científicos.
  11. Desenvolvimento inovador, inovador e orientado para aplicações de sistemas, produtos, serviços e processos; extrapolação com atenção para o contexto empresarial. Extraia novas questões de pesquisa de problemas de design.
  12. Complexidade do sistema de controle usando métodos quantitativos. Ter conhecimento, insight e experiência suficientes em pesquisas científicas para avaliar criticamente os resultados.
  13. Atuar a partir de uma atitude de engenharia dentro de um contexto genérico e específico da disciplina: atitude orientada para resultados, atenção para o planejamento e condições técnicas, econômicas e sociais, como sustentabilidade, avaliação de risco e viabilidade da abordagem ou solução proposta, foco em resultados e soluções eficazes, pensamento inovador e transdisciplinar.
  14. Trabalhar usando uma abordagem baseada em projetos a partir de um contexto genérico e disciplinar: formular metas, manter o foco em objetivos específicos e rotas de desenvolvimento, operar como membro de uma equipe interdisciplinar e transdisciplinar, desenvolver liderança, operar em um ambiente internacional ou intercultural e relatar de forma eficaz.
  15. Tenha a visão econômica e comercial para colocar a contribuição para um processador da solução de um problema em um contexto mais amplo.
  16. Pesa especificações e condições de contorno e as transforma em um sistema, produto ou processo de alta qualidade. Extraia informações úteis de dados incompletos, conflitantes ou redundantes.
  17. Comunique-se escrito e verbalmente sobre o próprio campo na língua de instrução e nas línguas que são relevantes para o especialismo.
  18. Comunicar e apresentar assuntos em linguagem fluente e graficamente a colegas e leigos.
Última atualização Set. 2019

Sobre a escola

The broad range of educational programs in bioscience engineering at Bachelor and Master level reflects the all-around character of our Faculty. For these educational programs, it is important to rely ... Ler Mais

The broad range of educational programs in bioscience engineering at Bachelor and Master level reflects the all-around character of our Faculty. For these educational programs, it is important to rely on the strengths of the scientific and innovative research. This is carried out in three departments: the Department of Earth and Environmental Sciences, the Department of Biosystems and the Department of Microbial and Molecular Systems. For educational and research purposes, the Faculty can use various facilities such as the Centre of Fruit Culture, the Experimental Farm for Animal Breeding, and the Greenhouse Facility with as well moderate as (sub)tropical environments. Ler Menos