Mestrado em Ciências Sociais no Brasil

Veja Mestrados em Ciências Sociais no Brasil 2017

Ciências Sociais

Um mestrado é uma pós-graduação que prepara os estudantes aprofundando seus conhecimentos sobre um assunto específico ou para avançar suas carreiras. A maioria dos mestrados são concedidos pelo estado ou universidades públicas.

Programas de Ciências Sociais canalizam a compaixão natural dos estudantes para ações úteis, orientadas para a melhoria da vida das pessoas. O foco do programa é formar profissionais capazes de ajudar as populações vulneráveis, como os idosos, os deficientes, os criminosos, as vítimas de abuso e os dependentes químicos. Os tópicos comumente abordados no curso incluem psicologia, sociologia, ética e políticas sociais.

Melhores Mestrados em Ciências Sociais no Brasil 2017

Ler Mais

Master in GESTÃO DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL NO CONTEXTO DO SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL – SUAS

Grupo Tiradentes
campus Período integral 372  March 2017 Brasil Aracaju

O presente curso de pós-graduação lato sensu, “Gestão da Política de Assistência Social no Contexto do SUAS”, destaca-se precisamente no contexto dos desafios de implementação de um novo paradigma, da reorganização da gestão da Assistência Social, bem como, de seus programas, projetos, serviços e benefícios, e é proposto na perspectiva de contribuir com gestores e técnicos mediante o aprofundamento de conhecimentos e o desenvolvimento de habilidades técnicas específicas no que concernem à política pública em tela. [+]

Melhores Mestrados em Ciências Sociais no Brasil 2017. Diferenciais do Curso O presente curso de pós-graduação lato sensu, “Gestão da Política de Assistência Social no Contexto do SUAS”, destaca-se precisamente no contexto dos desafios de implementação de um novo paradigma, da reorganização da gestão da Assistência Social, bem como, de seus programas, projetos, serviços e benefícios, e é proposto na perspectiva de contribuir com gestores e técnicos mediante o aprofundamento de conhecimentos e o desenvolvimento de habilidades técnicas específicas no que concernem à política pública em tela. OBJETIVOS Geral: formar gestores e técnicos especialistas para a implementação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), tanto no âmbito do estado quanto no âmbito dos municípios, de acordo com as novas diretrizes expressas na Política Nacional de Assistência Social – PNAS, e nas Normas Operacionais Básicas NOB/SUAS e NOB-RH/SUAS. Específicos: • capacitar profissionais para o planejamento, a gestão a execução, o monitoramento e a avaliação dos programas, projetos, serviços e benefícios compreendidos no âmbito da Política de Assistência Social e do SUAS; • possibilitar o aprofundamento de conhecimentos em nível da Política Pública de Assistência Social na perspectiva do aprimoramento das habilidades técnicas. PÚBLICO-ALVO Profissionais de nível superior que atuam ou desejam atuar no âmbito da Política de Assistência Social. METODOLOGIA O curso será desenvolvido por meio de diversas estratégias de ensino, tais como: aulas expositivas dialogadas, oficinas, discussões de textos, seminários, trabalho em equipe, estudos dirigidos, exibição de documentários, de modo a permitir a participação ativa do aluno na construção do seu conhecimento. As metodologias trabalhadas propiciam o desenvolvimento de uma prática didático-pedagógica que estimule a participação do conjunto dos (as) alunos (as) nas discussões e debates, a reflexão critica em torno de conteúdos ministrados e a compreensão desses conteúdos. [-]

Mestrado em Sociedade, Tecnologias e Politicas Públicas

Grupo Tiradentes
campus Período integral March 2017 Brasil Aracaju

O Mestrado em Sociedade, Tecnologias e Politicas Públicas contempla diversas ciências humanas, tecnológicas e sociais aplicadas, conjugando perspectivas que não se encontram reunidas noutros cursos disciplinares e apoiados em outras áreas do conhecimento como engenharias e saúde pública. [+]

O Mestrado em Sociedade, Tecnologias e Politicas Públicas contempla diversas ciências humanas, tecnológicas e sociais aplicadas, conjugando perspectivas que não se encontram reunidas noutros cursos disciplinares e apoiados em outras áreas do conhecimento como engenharias e saúde pública. O leque de disciplinas e seminários proposto abrange as áreas do Planejamento Urbano e Regional, Direito, Sociologia, Ciência Política, Antropologia, Economia, Arquitetura, Administração Pública, Serviço Social, Saúde Pública, Comunicação, Engenharia de Produção, Nutrição, Gestão Ambiental e Patrimônio Cultural. OBJETIVOS fornecer uma formação multidisciplinar no âmbito das Ciências Sociais e Humanas com destaque para as relações estabelecidas entre indivíduos, grupos, instituições políticas e as dinâmicas socioculturais a partir do entrecruzamento conceitual em diferentes competências disciplinares; promover uma formação acadêmica que toma o ensino e a pesquisa como atividades indissociáveis e a natureza múltipla e complexa dos problemas que atravessam e movem o campo social e cultural; fomentar a construção de conhecimentos necessários à realização de análises sobre fenômenos sociais, ambientais, políticos e culturais, através da articulação consistente entre teoria, pesquisa, prática e compromisso social aliada a uma formação crítica para o exercício da prática profissional transformadora; formar, capacitar e subsidiar a comunidade acadêmica e gestores públicos para promover a articulação integrada voltada para eficácia e a eficiência das organizações públicas e privadas por meio da solução de problemas e geração/aplicação de processos de inovação apropriados; Capacitar docentes para atuação no ensino superior, institutos de pesquisas e assessorias técnico-científicas. LINHAS DE PESQUISA Área de concentração: Tecnologia e Políticas Públicas A área de concentração do futuro mestrado caracteriza-se pela construção de reflexões e pesquisas interdisciplinares que coloquem em discussão os processos de produção de saberes e os seus efeitos sobre as relações com a sociedade, as tecnologias e as políticas públicas. Objetiva-se constituir um espaço adequado para o desenvolvimento de capacidades criativas que proporcionem resultados de interesse social, ambiental e tecnológico, profissional e acadêmico, integrados direta ou indiretamente com políticas públicas. As investigações contemplam duas perspectivas complementares: 1) Tecnologia, Ambiente e Sociedade. 2) Sociedade, Território e Políticas Públicas. Linha 01 – Tecnologia, Ambiente e Sociedade Esta linha de pesquisa contempla investigações interdisciplinares em torno de três eixos de atuação: tecnologia, ambiente e sociedade. Desenvolve pesquisas em temas como tecnologias sociais e processos industriais, sustentabilidade e ecologia humana, planejamento territorial e qualidade democrática. A abordagem contextualiza de forma inovadora os temas de pesquisa, relacionando-os às políticas públicas. Linha 02 – Sociedade, Território e Políticas Públicas A linha articula os estudos das transformações sociais, em suas dimensões cultural, territorial e política e reflete sobre as complementaridades e conflitos que marcam a relação entre sociedade e estado. As pesquisas contemplam questões relacionadas à identidade, ao imaginário, à economia, às tecnologias sociais, ao acesso à justiça, à saúde coletiva, aos controles democráticos e ao planejamento, no âmbito das políticas públicas e das demandas coletivas, difusas e individuais. PROCESSO SELETIVO 2017 A Coordenação de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão (COPPE) torna público aos interessados que estarão abertas as inscrições, no período entre 17 de outubro de 2016 e 20 de janeiro de 2017, do Programa de Pós-Graduação em Sociedade, Tecnologias e Políticas Públicas, para a sua 2a turma de Mestrado, na Área de Concentração Tecnologia e Políticas Públicas. [-]

Pós-graduação em Design para Impacto Social

IED – Istituto Europeo di Design Sao Paulo
campus Período integral 18  March 2017 Brasil São Paulo

Este é o primeiro curso de pós-graduação no Brasil dedicado ao tema. Os Negócios Sociais, segundo vários analistas, apresentam grandes oportunidades e falta de profissionais qualificados. [+]

Melhores Mestrados em Ciências Sociais no Brasil 2017. THIS PROGRAM IS TAUGHT IN PORTUGUESE Este é o primeiro curso de pós-graduação no Brasil dedicado ao tema. Os Negócios Sociais, segundo vários analistas, apresentam grandes oportunidades e falta de profissionais qualificados. Início previsto: setembro/2015 Dias: segundas e quartas-feiras (+10 encontros) Horário: 19h30 a 22h45 Duração: 18 meses Carga horária: 400 horas Inscrições até: setembro/2015 CENÁRIO Cada vez mais pessoas, instituições e empresas buscam maneiras de impactar positivamente as mais diversas questões sociais, seja por convicções ou por necessidade. Design para impacto social redefine e apresenta um processo de concepção a partir de propósitos e de métodos voltados para a inovação social, para o atendimento das premissas envolvidas pelos negócios focados no impacto transformador para a base da pirâmide social. Os problemas de nosso tempo são sistêmicos, o que significa que estão interconectados e, portanto, as soluções exigem abordagens inovadoras por profissionais especializados, de diversas áreas, em colaboração. Neste sentido, existe hoje uma demanda crescente por uma abordagem dedicada, por uma visão profissional com conhecimento abrangente e olhar visionário, capaz de enfrentar problemas complexos, identificar oportunidades, dialogar com grupos diversos e inspirar/empoderar pessoas, transformando realidades extremas para construir um mundo mais igualitário e sustentável. CURSO Este é o primeiro curso de pós-graduação no Brasil dedicado ao tema. Os Negócios Sociais, segundo vários analistas, apresentam grandes oportunidades e falta de profissionais qualificados. Há quem afirme que são o futuro da Economia Global, em que todos ganham e as relações de troca assumem novos contornos e perspectivas. O diferencial da pós-graduação em Design para Impacto Social do Istituto Europeo di Design – IED São Paulo é proporcionar uma experiência de imersão do participante em uma das realidades sociais distintas com as quais será preparado para interagir, mesclando assim a reflexão e a prática. O curso estrutura-se a partir de três grandes eixos – Design para Inovação Social; Gestão e Impacto; e Desenvolvimento Sustentável. A estrutura modular do curso foi pensada para proporcionar ao aluno uma experiência de desenvolvimento progressivo de suas competências e habilidades conceituais, tecnológicas e criativas. Este amplo leque é filtrado pela discussão do que de fato gera impacto social num contexto, de como identificar oportunidades e como encontrar formas de estabelecer diálogos consistentes. O curso incorpora a colaboração de parceiros atuantes no cenário corrente, como ONGs, associações, empresas, agentes governamentais etc. O contato constante com profissionais inspiradores apoiará os alunos no processo de revisão crítica do contexto real, para conceituar soluções criativas com base na empatia, a fim de ampliar o impacto dos projetos e serviços voltados para os empreendimentos sociais. ENTREGA Cada participante será estimulado a desenvolver seus próprios pontos de vista para percorrer seus caminhos e atuar como designer num mundo em constante mutação. Os formandos do programa terão desenvolvido uma perspectiva global, ao mesmo tempo em que compreenderão as especificidades necessárias para atender as singularidades locais. Será capaz de integrar diferentes disciplinas do mundo do design em seus projetos, centrados em negócios de impacto social. Humanista, multidisciplinar e criativo, o Designer Social formado pelo IED São Paulo deverá ser capaz de avaliar e criar novos modelos, estratégias, ambientes, produtos e serviços com potencial para cumprir um papel decisivo no desenvolvimento e transformação da sociedade. Além da visão sistêmica, da aguçada sensibilidade para questões humanas e do profundo conhecimento em inovação, esse novo profissional terá experiência prática em trabalhar de maneira colaborativa. Portanto, espera-se uma atitude crítica, reflexiva e construtiva. Os egressos do programa irão levar sua valiosa experiência profissional a empresas, instituições, ONGs ou iniciativas ligadas à Economia Criativa, unindo-se a equipes multidisciplinares, comunidades e/ou empresários para empreender seus próprios projetos. O curso também propicia a atuação em carreiras em áreas como design de inovação, design e estratégia, desenvolvimento de negócios, marcas e desenvolvimento de responsabilidade social. [-]